FHC desembarca na Argentina

O Brasil fará todo o possível para que a reunião do Mercosul seja um êxito e possibilite avançar na integração do bloco econômico. Foi o que afirmou na noite deste domingo o presidente Fernando Henrique Cardoso, ao desembarcar na capital Argentina. Ele disse que "todos os países da região precisam de uma Argentina forte."Fernando Henrique foi recebido pelo presidente Argentino, Eduardo Duhalde, no Aeroparque de Buenos Aires. "Queremos agradecer ao presidente Cardoso, que nos momentos difíceis nos estendeu sua mão e amão de seu povo", disse Duhalde, citando a remessa de medicamentos brasileiros ao país vizinho.Fernando Henrique lembrou que o Brasil também passou por momentos difíceis e, nessas ocasiões, sempre encontrou o necessário apoio da Argentina. Ele expressou confiança de que a Argentina encontrará seu caminho. "A nós, do exterior, cumpre apoiar, independente de qualquer diferença política, porque é uma solidariedade de povo a povo",afirmou.O presidente veio acompanhado pelos ministros das Relações Exteriores, Celso Lafer, do Desenvolvimento, Sérgio Amaral, e da Fazenda, Pedro Malan. Do aeroporto, ele e Lafer seguiram direto para a residênciaoficial de Olivos. Fernando Henrique e Duhalde tiveram uma conversa privada, seguida de um jantar do qual participaram Lafer e o chanceler argentino, Carlos Ruckauf.Hoje, os dois presidentes participam de uma reunião do Mercosul, à qual estarão presentes também os presidentes do Uruguai, do Paraguai, do Chile e da Bolívia. Tanto Fernando Henrique quanto Duhalderessaltaram a importância desse encontro para o fortalecimento do Mercosul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.