FHC defende cadastro único para programas sociais

O presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu, durante o encontro sobre "Estratégias de Superação da Pobreza", a criação de um cadastro único às famílias atendidas pelos programas sociais do governo. Segundo ele, o governo acabou com o assistencialismo estatal, o clientelismo e o fisiologismo. "Os escândalos estão diminuindo e as causas também. O apetite voraz da corrupção já não existe mais", ressaltou o presidente. "O governo está fazendo uma reforma do Estado, uma reorganização, criando os programas, descentralizando e criando também os mecanismos de controle da sociedade?, disse. O presidente lamentou que propostas inovadoras do governo recebem críticas de ?certos setores do Congresso?, de pessoas que têm uma mentalidade antiga. ?Essas pessoas não percebem que estamos mudando o ?mal estado social? e plantando fundamentos do estado do Bem Estar Social", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.