FHC defende a Alca

O presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu a Alca e disse que a Área de Livre Comércio das Américas deve ser discutida do ponto de vista comercial e não da soberania nacional. "Tenho ouvido muita insensatez e desconhecimento sobre a Alca. É no aspecto da política comercial que temos de discuti-la e não em termos de soberania ou "anexação", porque isso nem se discute". Fernando Henrique disse que as negociações do Brasil na Alca são muito importantes, desde que o País defenda os seus interesses comerciais. "Em todas essas negociações, a lógica é do interesse nacional sem preconceito e posições retóricas".Para Fernando Henrique, o País tem de avançar nessas negociações sem medo de fantasmas, fazendo sempre uma análise pragmática e com a mesma pergunta de base: "É ruim ou bom para o Brasil? Às vezes há casos em que é parcialmente bom, e aí temos de pensar com frieza". Durante discurso no 22º Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), o presidente disse ser importante a inserção do País no processo de globalização econômica e essa incerção deve ser analisada do ponto de vista comercial e não como uma questão política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.