FHC dá sinais que pode indicar Gilmar Mendes ao STF

O presidente Fernando Henrique Cardoso fez ontem umahomenagem antecipada ao advogado-geral da União, Gilmar Mendes, e deu sinais de que o indicará no final do mês para o Supremo Tribunal Federal (STF). Fernando Henrique elogiou seu auxiliar durante discurso feito na cerimônia de abertura do 1o Encontro Nacional da Advocacia-Geral da União (AGU), ocorrido na sede do Superior Tribunal de Justiça (STJ).Além das louvações de Fernando Henrique ao trabalho de Gilmar, chamou a atenção do público presente ao evento o fato de o presidente ter se deslocado até o STJ para participar da solenidade de abertura do evento. Para integrantes do Judiciário e do Executivo, o ato foi uma demonstração de que o titular da AGU é mesmo o escolhido de Fernando Henrique para substituir Néri da Silveira, que deixará o STF no próximo dia 24 de abril, ao completar 70 anos.Em seu discurso, Fernando Henrique lembrou as vitórias recentes da AGU nos tribunais, como o aval recebido do STF ao programa de racionamento de energia implementado no ano passado pelo governo. ?A AGU soube comprovar que a estratégia da União de combate à crise, além de contar com o apoio da população, não se afastou do respeito à Constituição?, afirmou Fernando Henrique. O presidente acrescentou que o órgão também desempenhou a função de assessorar juridicamente o Executivo em suas decisões. ?A consultoria prestada pela AGU à Câmara de Gestão da Crise de energia elétrica foi essencial para que se firmasse, em curto prazo, o acordo geral do setor elétrico, que permitiu a economia ao consumidor de cerca de R$ 5 bilhões?, afirmou.No Judiciário, há uma expectativa sobre como Gilmar se comportará no julgamento de ações contrárias ao governo, caso seja realmente indicado para o tribunal. Para integrantes do Poder, o correto seria o titular da AGU dar-se por impedido e não participar das votações contra normas aprovadas após a sua assessoria jurídica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.