FHC considera "natural" saída de Jungmann

O presidente Fernando Henrique Cardoso considerou ?natural? a decisão do ministro do Desenvolvimento Agrário, Raul Jungmann, de pedir demissão para disputar as eleições de outubro. Por intermédio de seu porta-voz, Alexandre Parola, o presidente ressaltou que a decisão de Jungmann foi tomada dentro do prazo previsto. "É natural que os ministros que se afastarem tenham buscado atender a seus interesses políticos", disse. No caso específico de Jungmann, o porta-voz frisou que os "serviços por ele prestados ao País e ao governo foram sempre de grande importância, o que lhe vale o agradecimento do presidente da República". Parola disse que ainda não há uma decisão sobre a permanência no governo do ministro da Integração Nacional, Ney Suassuna, e ressaltou que o prazo de desincompatibilização ainda não terminou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.