FHC assiste à missa pelos 50 anos da CNBB

O presidente Fernando Henrique Cardoso assistiu nesta segunda-feira à noite, na Catedral de Brasília, a uma missa em comemoração aos 50 anos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).Num dia tenso, por causa do aumento da taxa básica de juros e cercado de expectativa pela volta do horário eleitoral gratuito, o presidente evitou falar à imprensa em sua segunda aparição pública.Antes, ao saudar os jogadores da seleção brasileira masculina campeã mundial de vôlei, no Palácio do Planalto, ele evitara tratar de temaspolêmicos.Fernando Henrique chegou à catedral às 19h12 e se sentou ao lado do vice-presidente, Marco Maciel, e do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Marco Aurélio Mello. A missa foi celebrada pelo presidente da CNBB, dom JaymeChemello, e durou uma hora e quarenta minutos.Durante a celebração, Chemello aspergiu água benta em Fernando Henrique, e todos rezaram pelo fim da miséria no País. Também foram pedidos, na oração, o fim da corrupção e a demarcação de terras indígenas.Fundada em 1952, no Rio de Janeiro, a CNBB reúne 303 bispos. Além de Fernando Henrique e Marco Maciel, compareceram à missa os ministros da Secretaria Geral da Presidência, Euclides Scalco, da Justiça, Paulo de Tarso Ribeiro, e do Planejamento, Guilherme Dias, além da corregedora-geral da União, Anadyr Rodrigues.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.