FHC anuncia acordo do FGTS e pede mais solidariedade

O presidente Fernando Henrique Cardoso pediu "mais solidariedade, mais colaboração? ao anunciar há pouco o acordo para pagar as perdas sofridas pelos trabalhadores em seus saldos de FGTS com os Planos Verão e Collor I, apesar da Fiesp e da CUT estarem contra a proposta. O acodo "é um exemplo muito bom, sobretudo nesses dias que correm, em que o Brasil precisa de mais solidariedade, mais colaboração", disse FHC. O presidente relatou que, em reunião de empresários e trabalhadores, encerrada momentos antes, foi decidido que todos os 54 milhões de trabalhadores com saldo de até R$ 1.000,00 a receber vão recebê-lo até junho do ano que vem. Trata-se, segundo o presidente, de 92% de todos os trabalhadores que possuem conta vinculada do fundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.