FHC admite tratamento de diverticulite

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (FHC) afirmou nesta quarta-feira, 30, que está tratando de uma diverticulite, inflamação que provoca a formação de bolsas e quistos no intestino grosso (cólon). "Mas como sou prevenido, cortei logo a diverticulite pela raiz, tomando o antibiótico apropriado", escreveu FHC, em sua página do Facebook.

CARLA ARAÚJO, Agência Estado

30 de outubro de 2013 | 13h22

O ex-presidente informou ainda que suspendeu sua agenda de viagens e está aproveitando o tratamento para atualizar leituras e outros compromissos. FHC aproveitou a mensagem para mandar um recado para seus eventuais inimigos. "Que percam as ilusões quem achar que estou com um pé na cova", disse. Ele terminou a sua mensagem afirmando que o futuro "a Deus pertence".

Mais conteúdo sobre:
FHCdiverticulite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.