FHC admite que seu governo contribuiu para aumentar carga tributária

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse hoje que, internamente, o desafio que se coloca neste momento é encontrar um mecanismo para "desafogar" a alta carga tributária do País, por meio de uma ampla discussão do assunto. Ele assumiu ter contribuído para esse aumento. "O governo se manteve com aumento de tributo, porque tinha dívidas, tinha demandas", reconheceu. "Mas chegou ao limite e é preciso encolher." Ele também colocou como gargalo para o desenvolvimento a obtenção de capital de longo prazo com juros razoáveis. "É difícil, mas vai ter que ter." Para Fernando Henrique, será preciso vencer igualmente a questão da segurança. "É complexo pois envolve droga, contrabando, mas é um desafio." Ao ser apresentado pelo presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores, Paulo Hermínio Penacchi, FHC ouviu um apelo para que em 2006 retorne à Presidência da República, mas ao final, em entrevista, o ex-presidente descartou essa intenção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.