FHC aceita CPI "dentro da Constituição"

O porta-voz da Presidência da República, Georges Lamazière, disse que o presidente Fernando Henrique Cardoso não se oporá à criação de uma CPI no Congresso, se houver uma proposta dentro das normas da Constituição. "O pedido de CPI, tal como formulado, não obedece ao que está prescrito na Constituição. Se houver proposta de CPI dentro das normas da Constituição, o presidente não se opõe", afirmou Lamazière. Segundo o porta-voz, o presidente reiterou que "o governo não tem nada a temer. Apenas considera que o Congresso não deve servir de delegacia de polícia ou palanque eleitoral". Por isso, se opõe à criação da CPI nos termos propostos pelos partidos de oposição. Ele observou, no entanto, que "o Congresso é que é juiz do que deseja fazer". Ressaltou, porém, que "a polícia e outras instâncias são mais apropriadas para esse tipo de investigação, e já estão apurando, como é de conhecimento de todos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.