Festa pelo aniversário de Santos Dumont reúne 20 mil pessoas

Os 130 anos do nascimento do inventor brasileiro Alberto Santos Dumont, o Pai da Aviação, foram comemorados hoje com um show de acrobacias aéreas e exposição no Museu Aerospacial de Campo dos Afonsos. Segundo cálculos dos organizadores, 20 mil pessoas aproveitaram o domingo ensolarado para assistir ao espetáculo, em Marechal Hermes, zona oeste. Houve exibições de helicópteros, ultraleves e pára-quedistas. Entre os pilotos acrobatas, um veterano dos ares, o brigadeiro Magalhães Motta, de 82 anos.Santos Dumont nasceu em Minas Gerais, em 20 de julho de 1873. Aos 7 anos mudou-se com a família para Ribeirão Preto, onde seu pai, Henrique Dumont, engenheiro formado em Paris, comprara uma fazenda. Já vivendo em Paris, passou a dedicar-se à construção de balões esféricos e cilíndricos. Em 23 de outubro de 1906, diante da Comissão Científica do Aeroclube de França, realizou o célebre vôo de 60 metros, elevando-se a 80 centímetros do solo, com o 14-BIS. Morreu no Guarujá, em 1932.O Núcleo do Museu Aerospacial foi criado em 1973 e a inauguração ocorreu três anos depois. Seu acervo dispõe de objetos e documentos de pioneiros da aviação, além de réplicas do 14-BIS e da Demoiselle, ambos criados por Santos Dumont. Entre as peças mais relevantes estão um modelo de asa delta desenvolvido pelo inventor brasileiro, uma hélice do Graf Zepelin LZ 127 e um exemplar da metralhadora Hotchkiss Benéct-Mercié, a primeira usada num combate aéreo, em 1914.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.