Festa do PT deve começar com uma hora de atraso

A solenidade de comemoração dos 31 anos do PT que homenageará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai começar com uma hora de atraso, às 18 horas. O presidente do partido, José Eduardo Dutra, abre a programação e, em seguida, passa a palavra para Lula. Estão previstos apenas os dois pronunciamentos.

ANDREA JUBÉ VIANNA, Agência Estado

10 de fevereiro de 2011 | 17h31

A expectativa é de que a presidente Dilma Rousseff chegue no final do evento para cortar o bolo junto com Lula. A comemoração conta com a presença de ministros, governadores e lideranças do partido.

Os governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiroz; da Bahia, Jaques Wagner; e do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, já estão em Brasília e confirmaram presença. A previsão é de que o evento termine por volta das 20 horas.

A organização havia planejado uma festa, mas a comemoração foi cancelada por causa do estado de saúde delicado do ex-vice-presidente José Alencar. Lula deve embarcar para São Paulo logo depois do evento.

Tudo o que sabemos sobre:
PTfestaBrasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.