Fernando Henrique quer fortalecer figura do ex-presidente

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu, hoje, o fortalecimento institucional da figura do ex-presidente da República do País. "Quem é ex-presidente tem de estar contente por isso; tem de participar do debate público sem a intenção de estar disputando o poder", disse Fernando Henrique. "Se depender de mim, vai haver isso no Brasil porque há um campo grande de ação pública, mas não partidária no sentido eleitoral".O ex-presidente disse ainda que o presidente em exercício poderia até convocar seus antecessores para ajudar nas questões nacionais. "Pode usá-lo (o ex-presidente) para alguma coisa em favor do Estado", afirmou Fernando Henrique, que participou, nesta segunda-feira, de um evento da Universidade de Santo Amaro. Ele fez uma palestra sobre liderança. Neste contexto, citou a reforma da Previdência como uma grande prova para um líder. "O líder que contraria todos os interesses não lidera mais. Tem de ver até onde vai para não perder apoios". Fernando Henrique também argumentou que tolerância não é fragilidade. "Em alguns momentos, muitos me diziam para dar um murro na mesa para que o Congresso votasse algum assunto, mas dar um murro na mesa só vai machucar a mão."

Agencia Estado,

21 de julho de 2003 | 15h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.