Fernando Henrique decreta luto oficial por Covas

O presidente Fernando Henrique Cardoso decretou luto oficial de sete dias pela morte do governador Mário Covas. Todas as bandeiras estão a meio mastro e todas as solenidades oficiais e festivas estão canceladas. Não haverá interrupção no funcionamento das repartições públicas em todo País. O presidente Fernando Henrique comunicou que vem a São Paulo e um avião será colocado à disposição dos parlamentares para prestarem as últimas homenagens ao governador Mário Covas.O presidente Fernando Henrique Cardoso foi informado da morte do governador Mário Covas às 5h50, pelo médico Raul Cutrait, gastroenterologista que acompanhou o governador durante todo o tratamento. O presidente, segundo sua assessoria de imprensa, recebeu a notícia com muita emoção e permanece no Alvorada.Para instituir o luto de sete dias, o presidente teve que assinar um decreto alterando o de número 70.274, de 1972, que estabelecia o limite máximo de três dias para lutos oficiais. O novo decreto acrescenta parágrafo afirmando que "em face dos relevantes serviços prestados ao País pela autoridade falecida, o período de luto a que se refere o caput poderá ser estendido por até sete dias".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.