Ferimento de Beira-Mar não é grave, diz médico

O médico Hildeberto Vitoriano, que examinou há pouco o traficante Fernandinho Beira-Mar, disse que o ferimento dele no ombro não é grave. Mesmo assim, segundo o médico, Beira-Mar está sendo medicado e será submetido a uma avaliação sobre a necessidade de realizar uma cirurgia no ombro. Fernandinho reclamou de dores pela manhã.Segundo a Polícia Federal, há quase dois meses, quando conseguiu escapar de uma tentativa da polícia colombiana de capturá-lo, Beira-Mar teria levado quatro tiros: um no ombro, um de raspão na mão, outro na perna e um quarto em lugar não informado. Beira-Mar vem se recusando a dar entrevista, mas sua aparência é boa.Na Colômbia, onde foi medicado e de onde foi trazido hoje para Brasília, ele tirou algumas radiografias de seus ferimentos, mas elas não foram trazidas para o Brasil. Por isso, deverá passar por nova avaliação de um ortopedista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.