Felipe Neto diz que apoiadores de Bolsonaro ‘agem pelos bastidores’ nas redes sociais

Felipe Neto diz que apoiadores de Bolsonaro ‘agem pelos bastidores’ nas redes sociais

Para o youtuber, aliados do presidente movimentam uma ‘máquina de assassinato de reputações’

Entrevista com

Renato Onofre, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2019 | 11h56

BRASÍLIA – Para o youtuber Felipe Neto, a família Bolsonaro e os bolsonaristas agem “nos bastidores” das redes sociais para reagir a críticas ao presidente Jair Bolsonaro. “(Eles)Temem, pois sabem que é impossível bater de frente no digital. Por isso, ao invés de agirem pela frente, agem pelos bastidores, movimentando a máquina de assassinato de reputações”, afirmou.

Você se tornou uma voz não política capaz de afetar apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais. Tem a dimensão desse impacto?

Eu me vejo apenas como um cidadão exercendo seu papel de cobrança em cima daqueles que trabalham para o povo. Minha indignação é vociferada por muitas pessoas, justamente porque elas se identificam com o mesmo nível de cobrança. Não posso achar que isso me dá uma função ou me torna especial, porque esse é o primeiro passo para se perder no caminho.

O debate político está, agora, também no mundo virtual. Essa mudança, de alguma forma, atingiu seus seguidores?

No YouTube, eu continuo sendo o mesmo apresentador de curiosidades e humor, mas acredito que, no Twitter, as pessoas me procuram mais pelo meu posicionamento mais sério a respeito de temas como a política, sim. Eu não vejo o Twitter como extensão do meu trabalho. Vejo como um local onde eu posso ser eu mesmo, sem qualquer compromisso. 

Bolsonaristas temem o seu poder de fogo nas redes sociais?

Sim, temem, pois sabem que é impossível bater de frente no digital. Por isso, ao invés de agirem pela frente, agem pelos bastidores, movimentando a máquina de assassinato de reputações que a imprensa já mostrou tão bem como funciona. Essa é a forma que covardes usam para agir.

Tudo o que sabemos sobre:
Felipe NetoJair Bolsonarorede social

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.