Feldman descarta CPI do Lixo em SP

O presidente da Assembléia Legislativa, Walter Feldman (PSDB), afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre os contratos de emergência firmados pela prefeita Marta Suplicy (PT) para serviços de limpeza dificilmente será aprovada. "O ideal é que essas questões fiquem na esfera municipal." Feldman ainda não tinha posição definida sobre a CPI proposta pelo deputado Alberto Hiar (PSDB), o Turco Loco. Ele ainda lembrou que o pedido deve entrar na fila de comissões. A polêmica das CPIs começou na semana passada, quando Turco Loco protocolou pedido de uma comissão para investigar os contratos de Marta, na Assembléia. Em troca, os vereadores governistas propuseram a investigação dos contratos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU). O vereador Eliseu Gabriel (PDT) vai protocolar amanhã (02) o pedido de CPI, com 20 assinaturas. Mas as principais lideranças do governo afirmam que dificilmente a solicitação chegará ao plenário. Segundo um influente vereador da bancada petista, o pedido já cumpriu sua missão, que foi dar uma resposta política à bancada tucana na Assembléia Legislativa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.