Feldman defende cassação de deputados presos

O deputado federal Walter Feldman (PSB-SP) defendeu, nesta quinta-feira, 14, em entrevista ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, a cassação imediata dos parlamentares condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo mensalão e que forem presos. "Como eles não vão renunciar, é a cassação imediata. Há um conflito entre parlamentares presos com o mandato, o que é inaceitável", disse.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

14 de novembro de 2013 | 14h46

Feldman comemorou a decisão do STF, tomada nesta quarta-feira, 13, de que envolvidos no mensalão cumpram as penas às quais não cabem mais os recursos chamados de embargos infringentes. "O Supremo dá uma resposta rápida, que conforta a cidadania de que efetivamente crimes desse tipo podem levar à cadeia", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
MENSALÃOSTFFELDMAN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.