Federais de Pernambuco adiam vestibular

Os conselhos universitários da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) decidiram hoje, por unanimidade, adiar a data do vestibular, cuja primeira fase estava marcada para os dias 25 e 26 deste mês. A nova data só será definida depois do encerramento da greve dos professores, que em Pernambuco teve início no dia 25 de agosto. Cerca de 56 mil candidatos estão inscritos para as provas das duas instituições.O reitor da UFPE, Mozart Ramos Neves, disse que o adiamento era inevitável e que os conselhos acataram a recomendação nacional de todas as universidades federais, visando a tranqüilidade dos alunos. O reitor disse não acreditar na possibilidade de cancelamento do vestibular e adiantou que o novo calendário das aulas do primeiro semestre de 2002 também só será definido com o encerramento da paralisação. Ele não aposta no cancelamento do semestre. Na sua previsão, o próximo ano letivo das duas universidades só deverá ter início em abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.