Fechamento de estrada gera conflito no PR

O clima voltou a ficar tenso no final da tarde de hoje nos arredores da Estrada do Colono, fechada na quarta-feira pelo Exército e pela Polícia Federal. Houve confronto entre policiais e moradores da região favoráveis à reabertura da rodovia, que corta o Parque Nacional do Iguaçu. Várias pessoas ficaram feridas e um funcionário da Prefeitura de Serranópolis do Iguaçu, Ubirajara da Silva, foi agredido e preso por desacato a autoridade, e encaminhado à delegacia da PF em Foz do Iguaçu.A confusão - que durou dez minutos - começou porque os moradores ficaram irritados com a presença no local do diretor do Ibama em Foz, Julio Gonchoroski. Eles viram isso como provocação e começaram a atirar pedras no helicóptero em que ele estava. Com receio de que as pedras pudessem ser rebatidas pelas hélices e fazer vítimas graves, os policiais investiram contra os manifestantes. O clima voltou à normalidade graças à intervenção de políticos, entre eles o prefeito de Medianeira, Luiz Suzuki.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.