Fazenda apura denúncia sobre assessores, que negam

São Paulo, 15/11/2013 - O Ministério da Fazenda enviou ontem à noite nota oficial sobre a denúncia feita pela revista Época a respeito de suposta propina a dois assessores do gabinete do ministro Guido Mantega por empresa de assessoria de comunicação. Na nota, a Fazenda diz que foi aberto processo interno de investigação, "apesar da ausência de provas materiais até o momento".

LUANA PAVANI, Agência Estado

15 de novembro de 2013 | 08h13

Além da apuração interna das denúncias, a pasta encaminhou ofício ao Ministro da Justiça solicitando abertura de investigação na Polícia Federal.

Também o ministério esclarece que o processo de contratação da empresa foi por meio de licitação na modalidade de pregão eletrônico, e "seguiu todos os procedimentos previstos em lei".

Os dois servidores mencionados na reportagem negaram as acusações. Em nota de esclarecimento, o chefe de gabinete do Ministro da Fazenda, Marcelo Fiche, diz que entrará "imediatamente" com ação por danos morais contra a Revista Época e a secretária da empresa Partners Anne Paiva e considera ser "completamente descabida a calúnia" contra sua pessoa na reportagem. "Nunca recebi nada dessa senhora, nem dentro nem fora do meu gabinete", afirma Fiche, na nota.

"Fizemos um processo licitatório para contratação de empresa de assessoria de imprensa que pode ser considerado um marco para o setor público, já que mudou para baixo o patamar de preços desse tipo de prestação de serviço. Ou seja, estou sendo acusado em relação a um processo que gerou uma enorme economia de recursos públicos." Em seguida, completa que se a licitação fosse pelo padrão usual de técnica e preço, "como queria a associação do setor (que questionou e perdeu na esfera judicial), o custo para o Erário seria pelo menos o dobro do efetivado."

Por sua vez, o chefe da Assessoria Técnica e Administrativa do Ministro da Fazenda, Humberto Alencar, também envolvido nas acusações, diz: "com todas as letras, não recebi nenhuma vantagem, de qualquer natureza, da empresa Partnersnet", e que pretende tomar as medidas judiciais cabíveis contra Anne Paiva e também contra a revista Época.

Tudo o que sabemos sobre:
denúnciaFazendarevistaacusação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.