Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Favorito, Maia registra candidatura à Presidência da Câmara

Deputado conta com o apoio formal de 21 dos 22 partidos representados na Câmara, no qual apenas o PSOL o opõe

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br,

01 de fevereiro de 2011 | 16h22

BRASÍLIA - Favorito na disputa, o deputado Marco Maia (PT-RS) registrou sua candidatura para a presidência da Câmara na tarde desta terça-feira, 1. Ele vai disputar o cargo com Sandro Mabel (PR-GO), Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Chico Alencar (PSOL-RJ). A eleição acontece na noite desta terça.

 

Maia conta com o apoio formal de 21 dos 22 partidos representados na Câmara. Somente o PSOL não o apoia. Apesar disso, ele continua em campanha.

 

"Eleição é só quando abre a urna. Nós vamos trabalhar até o último momento, estarei conversando com todos os deputados até que todos tenham votado", disse o petista.

 

Mesmo cauteloso, ele deixa escapar que está confiante devido ao processo de construção de apoios dentro dos partidos. "Na Câmara não se tem surpresa. Nós fizemos um processo bem desenvolvido. Lá no Rio Grande do Sul a gente diz que a carreira se ganha lá atrás e nunca na reta final".

 

Cargos na Mesa

 

Como comandam os partidos, os aliados de Maia registraram candidatos oficiais para todos os cargos em disputa na Mesa Diretora.

 

Rose de Freitas (PMDB-ES) vai disputar a primeira vice-presidência, Eduardo da Fonte (PP-PE) a segunda vice-presidência, Eduardo Gomes (PSDB-TO) a primeira secretaria, Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) a segunda secretaria, Inocêncio de Oliveira (PR-PE) a terceira secretaria, Júlio Delgado (PSB-MG) a quarta secretaria e Geraldo Rezende (PMDB-MS), Manato (PDT-ES), Cadoca (PSC-PE) e Sérgio Moraes (PTB-RS) para as quatro suplências.

 

Em todos os casos, porém, deputados poderão disputar os cargos com colegas de partido. Até agora, não foram registradas, porém, estas candidaturas avulsas para os outros cargos da Mesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.