André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Fãs cantam para Sérgio Moro na Câmara

Moro é recebido por grupos pró-impeachment ao falar na Comissão Especial da Câmara que discute medidas anticorrupção

Julia Lindner e Igor Gadelha, O Estado de S. Paulo

05 Agosto 2016 | 08h01

BRASÍLIA - Onze anos depois de sua última passagem pela Câmara dos Deputados, o juiz Sérgio Moro foi recebido nesta quinta-feira, 4, por 35 integrantes dos movimentos Bloco Pró-Impeachment e Brasil na Rua, com apitos, bandeiras e faixas em apoio ao magistrado. Devido ao esquema de segurança reforçado, as pessoas ficaram do lado de fora do prédio, mas passaram a manhã aplaudindo e cantando músicas com o nome de Moro.

Para o grupo, que costuma fazer manifestações pelo menos duas vezes por semana em Brasília, Moro é “o principal responsável por livrar o País da corrupção”. Eles defendem a “cassação do PT como partido político”.

No início da sessão, Moro foi recebido com aplausos que se misturaram com um grito isolado de “fascista”. Durante a audiência, o magistrado fez considerações sobre todas as dez medidas apresentadas pelo Ministério Público Federal e respondeu a perguntas e comentários de cerca de 15 parlamentares. Apesar de dizer que concorda com a maioria das propostas, Moro sugeriu modificações no texto, alegando que em alguns pontos a redação “não ficou boa”, “não estava “clara” ou era “tortuosa”.

Segurança. Para recepcionar o juiz federal, a Câmara ampliou a segurança. O corredor da sala em que ocorreu a audiência pública e uma parte do andar superior foram interditados, ficando limitados apenas para pessoas credenciadas. Também do lado de dentro, havia mais seguranças que em dias normais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.