Famílias do MTL invadem fazenda em Goiás

Cerca de 120 famílias invadiram nesta segunda-feira a fazenda São Domingo, de 1,3 mil hectares, no município de Caçu, no interior de Goiás. A ato foi coordenado pelo MTL (Movimento Terra, Trabalho e Liberdade) e caracteriza-se como uma antecipação da anunciada seqüência de invasões na região sudoeste de Goiás, prevista para a próxima semana.As famílias, reunidas em várias cidades do Estado, começaram a ocupar a fazenda São Domingo durante esta madrugada. Segundo um dos coordenadores do MTL, após a ocupação, os sem-terra foram cercados por cerca de cinco viaturas e 20 PMs que os pressionaram a deixar a área."Eles (PM) pressionaram, tentaram amedrontar, mas vamos resistir e só deixamos a área com medida liminar da Justiça", disse José Lito da Silva, um dos coordenadores nacionais do movimento. Segundo José Lito, nos próximos dias outras famílias deverão "engrossar" a invasão. Segundo a Polícia Militar, os sem-terra se apropriaram de cerca de 155 litros de leite. Um grupo de policiais ficará no local para impedir a entrada de novos invasores.A fazenda, que segundo MTL é improdutiva, está avaliada em R$ 25 mil o alqueire goiano (48.400 m2). O proprietário do imóvel, segundo o movimento, teria proposto ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), há seis meses, a sua aquisição ou desapropriação para fins de reforma agrária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.