Família do senador perde homenagens

Apesar de o artigo 37 da Constituição vedar homenagens em prédios públicos a pessoas ainda em vida, no Maranhão essa prática sempre ocorreu. Principalmente em relação à família Sarney e seus aliados. Nos últimos três anos, porém, decisões da Justiça estão retirando dos prédios e logradouros públicos os nomes de vários políticos maranhenses.Por iniciativa própria, a governadora Roseana Sarney mandou retirar no início do mês seu nome da sede do Tribunal de Contas do Estado, homenagem feita em 2002. Em 15 de junho, o Tribunal de Justiça já determinara a retirada do nome Roseana de uma avenida de São Luís.Essa decisão abriu precedentes para que nomes de outros políticos ligados à família Sarney, também fossem retirados de locais públicos. O ministro Edison Lobão foi um deles. Perdeu a denominação da Avenida Litorânea.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.