Família discute indenização de vítima do acidente da TAM

O advogado Roberto Donizete de Souza, que representa a família da aposentada Marlene Aparecida Sebastião de Souza, vítima do acidente com o Fokker 100, da TAM, em Belo Horizonte (MG), ocorrido há um mês, informou que os parentes estão analisando a proposta de indenização feita pela companhia aérea.Segundo o advogado, a família até agora não disse se vai aceitar ou não a primeira proposta da empresa, que esta sendo analisada pelo marido de Marlene, Angelo Marques dos Santos. O valor é mantido em sigilo. "Qualquer valor que se divulgue coloca em risco a vida do meu cliente", justificou Souza.Na próxima terça-feira, Donizete de Souza se reunirá com a família para impor uma contra-proposta à TAM. "Temos que computar a expectativa de vida de Marlene, a perda moral e o sofrimento da família", informou o advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.