Família Barbalho e aliados se mantêm fiel a Dilma na votação do impeachment

Mulher e ex-mulher do senador Jader Barbalho (PMDB-PA) votaram contra o impedimento da presidente; exceção foi o deputado José Priante (PMDB-PA), que rompeu com o senador

Igor Gadelha e Ricardo Brito, O Estado de S. Paulo

17 de abril de 2016 | 19h27

Brasília - Aliados do senador Jader Barbalho (PMDB-PA) se mantiveram fiéis ao governo na votação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff neste domingo, 17. 

Mulher e ex-mulher do senador, respectivamente, as deputadas Simone Morgado e Elcione Barbalho, ambas do PMDB do Pará, votaram contra o impedimento de Dilma. 

Até agora, apenas o deputado José Priante (PMDB-PA), que é primo de Jader Barbalho, votou a favor do impeachment da petista. O parlamentar, contudo, está rompendo com o senador. 

Em entrevistas recentes, Jader Barbalho se posicionou contra o impeachment e trabalhou para convencer parlamentares a votarem com o governo neste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.