Falta de 'vocação' faz Silvinho adiar prestação de serviços

Ex-secretário do PT fez acordo com a Justiça em janeiro e se livrou do processo do mensalão

Andréia Sadi, do estadao.com.br,

12 de março de 2008 | 16h37

O ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira compareceu nesta quarta-feira, 12, à subprefeitura do Butantã, zona oeste de São Paulo, para prestar serviços comunitários, acordo que fez com a Procuradoria Geral da República  para se livrar do processo do mensalão, mas adiou o início dos trabalhos por "motivos pessoais".  Veja Também: Os 40 do mensalão  A assessoria do órgão disse ao estadao.com.br que Silvinho alegou ter vocação apenas com "crianças e cozinha". "Nós não temos esses serviços aqui. Aqui ele faria monitoramento de serviços públicos, como asfalto, poda de árvore e outros", disse. Silvinho disse que irá conversar com seus advogados sobre que providência tomar. "Ele tem 10 dias para fazer isso, procurar a Justiça e entrar com pedido na Secretária de Educação", explicou a assessoria.  

Tudo o que sabemos sobre:
Mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.