Falta de quórum impede instalação da CPI da Petrobras

Parlamentar aguardou chegada de senadores por alguns minutos, mas, sem quórum, a sessão foi adiada

Eugênia Lopes, da Agência Estado,

02 de junho de 2009 | 14h25

Por falta de quórum, a CPI da Petrobras não foi instalada nesta terça-feira, 2, no Senado. A sessão de instalação estava marcada para esta tarde. O senador Paulo Duque (PMDB-RJ), o mais velho da comissão, que pelo regimento deveria abrir a sessão, aguardou exatos 13 minutos a chegada dos senadores. Sem quórum, a sessão foi adiada. 

 

Veja também:

linkO que será apurado na CPI da Petrobrás e a cronologia do caso 

 

Assim que Duque declarou que a CPI não seria instalada nesta terça, a sala de reuniões foi ocupada pela oposição que considerou a iniciativa um golpe do governo. "Isso é uma palhaçada", reagiram senadores do DEM e do PSDB. Eles denunciam a "armação do governo" que não consegue chegar a um acordo para a escolha do presidente da CPI e do relator.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI da PetrobrasSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.