"Falta de candidatura própria será suicídio do PMDB"

O governador de Minas Gerais, Itamar Franco (PMDB), advertiu, em entrevista nesta terça-feira à Agência Estado,que o partido cometerá um suicídio político se não lançar candidato próprio à sucessão presidencial e se não romper com ogoverno do presidente Fernando Henrique Cardoso.Na avaliação de Itamar, os principais reflexos de uma decisão pró-governo naconvenção de setembro vão atingir diretamente os candidatos do PMDB nas eleições gerais de 2002, que entrarão na disputasem referência nacional e, c onseqüentemente, sem chances de sucesso."O PMDB entra numa encruzilhada complicada, edigo isso sem emoção e compulsão", disse o governador, que está em Brasília para uma série de conversas políticas com oobjetivo de definir seu rumo.A idéia de concorrer à presidência do PMDB foi do ex-governador Leonel Brizola que, inclusive, jáofereceu o PDT a Itamar caso ele saia derrotado neste primeiro teste com as forças governistas dentro do PMDB.Mesmoconsiderando fundamental que o PMDB siga pelo caminho oposto ao do presidente Fernando Henrique, Itamar não está tãoconfiante nessa opção."O PMDB é apêndice do Planalto. É muito difícil cortar o cordão umbilical", destacou. Tanto que admitea possibilidade de sair derrotado da convenção do PMDB, não obtendo, portanto, o apoio da maioria dos convencionais para seeleger presidente do partido no dia 9 de setembro.Indagado se já teria o apoio suficiente dos convencionais, foi pessimista:"Não creio". Por isso mesmo, o encontro com Simon será essencial para tentar costurar um acordo com vistas à montagem deuma chapa de unidade, apesar das resistências já anunciadas pelo senador gaúcho."Será uma conversa de amigos fraternos",previu. O governador mineiro está certo de que Fernando Henrique vai interferir para que os aliados do Palácio do Planaltodisputem a convenção com chapa própria."A interferência de um presidente da República no PMDB é um fato inusitado", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.