Falta de acordo adia sessão do Congresso

Por falta de acordo entre os líderes partidários da Câmara e do Senado, em reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), fracassou a tentativa de realização de uma sessão do Congresso para votar créditos suplementares para o pagamento dos aumentos salariais concedidos recentemente pelos parlamentares aos funcionários do Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público e Poder Judiciário.A votação esbarrou na falta de acordo em relação ao projeto que está parado na Casa e prevê mudanças no funcionamento da Comissão Mista de Orçamento. Desde julho, esse projeto está impedindo a votação de questões da comissão, porque parlamentares que defendem a mudança condicionam a realização de qualquer outra votação em sessão do Congresso à aprovação dessa proposta. Ante a falta de acordo, Renan encerrou a reunião. Com isso, não haverá nesta semana sessão do Congresso.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2006 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.