Faldini está convicto da probidade de FHC

O diretor adjunto do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Roberto Faldini, disse há pouco que não teme as ameaças de denúncia do senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA). "Estou convencido de que o presidente Fernando Henrique tem, ao longo da sua vida, demonstrado uma centena de vezes sua probidade e seriedade", afirmou. "Se houver algo contra o governo efetivamente, o presidente não terá a mínima dúvida em esclarecer. O presidente não é homem de esconder coisas", completou Faldini. Faldini atribuiu as declarações de ACM a uma tentativa "de buscar chamar atenção" para "arregimentar forças" e se fortalecer nesse momento de rearranjo das forças políticas. "É um jogo de força." Sobre as demissões dos ministros Waldeck Ornélas (Previdência Social) e Rodolpho Tourinho (Minas e Energia), o diretor da Fiesp disse que a decisão já era esperada desde a disputa pelas presidências da Câmara dos Deputados e Senado Federal. Ele elogiou o trabalho dos dois ex-ministros, mas afirmou que foi uma "decisão política". "O presidente tem de contar com aqueles cujos partidos apoiam suas decisões", declarou o presidente da Fiesp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.