Faço as coisas com tranqulidade e no tempo certo, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer, há pouco, durante encontro com 800 trabalhadoras na agricultura familiar, no Palácio do Planalto, que não pode errar no governo. "Se eu errar, será um fracasso da classe trabalhadora deste País, das trabalhadoras e dos trabalhadores rurais", afirmou. Ele disse que está fazendo as coisas com tranqüilidade e no tempo certo. "Se a gente der um passo errado, vocês sabem que não falta, neste País, quem queira ver a gente não estar certo", afirmou. O presidente recebeu cerca de 800 mulheres trabalhadoras em agricultura familiar no Salão Nobre do Palácio, durante cerca de meia hora. Do encontro participaram, também, a primeira-dama Marisa Letícia, o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), e os ministros Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário) e Jaques Wagner, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.