Facilitado acesso de deficientes no Jockey Club de SP

O Jockey Club de São Paulo acaba de providenciar acesso especial às pessoas com deficiência física que estavam tendo dificuldade para votar nesta manhã. O juiz eleitoral da zona do Butantã, Francisco Eduardo Loureiro, informou que os deficientes que estão chegando pelo portão 6A do Jockey serão encaminhados a uma entrada lateral, onde terão acesso de carro até a porta da sala onde estão localizadas as urnas.O juiz explicou que o acesso das pessoas com deficiência foi prejudicado pela redução do número de eleitores no local, o que circunscreveu as eleições a uma pequena área do Jockey.Dos 19 mil eleitores que votaram no ano passado, no local, 10 mil foram transferidos para o colégio Miguel de Cervantes. Segundo o juiz, é possível que nas próximas eleições todas as seções sejam transferidas para o colégio próximo ao Morumbi. "Esse é o pior local de votação da zona do Butantã em termos de infraestrutura, apesar de ser tão tradicional."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.