"Expulsão não combina com liberdade de imprensa"

O porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Richard Boucher, disse hoje que a decisão do governo brasileiro de cancelar o visto de trabalho do repórter Larry Rohter, do New York Times, "não combina com o forte compromisso do Brasil com a liberdade de imprensa". Afirmou, ainda, que o artigo do jornal ? que acusa o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de causar constrangimento ao povo brasileiro por conta de abuso de álcool ? "obviamente não representa a opinião do governo norte-americano. "Em comunicado divulgado pela embaixada dos EUA, em Brasília, Boucher afirmou que Washington tem um bom relacionamento com o presidente Lula e seu governo. Questionado durante seu briefing diário sobre se a expulsão de Rohter não seria uma aberração, Boucher foi enfático: "Eu disse minhas palavras. Não vou tentar caracterizar além do que já falei".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.