Expulsão não afeta relação dos EUA com Brasil, diz embaixadora

A embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Donna Hrinak, disse que a decisão do governo brasileiro de expulsar o jornalista norte-americano do The New York Times Larry Rohter, não condiz com a tradição de respeito à imprensa livre no País. No entanto, ela admitiu que o artigo feito pelo jornalista dos EUA, que insinua que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exagera no consumo de bebida alcóolica, não representa a opinião dos Estados Unidos. Na opinião da embaixadora, as relações entre os dois países não são afetadas por conta da publicação.Donna Hrinak disse ainda que não vê o fato como um incidente diplomático no que aconteceu. "Quem tem a compreensão de quem é o presidente Lula e o que ele significa não vai mudar de opinião (por causa do artigo)", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.