Experiência da CPT atrai bispos sul-africanos

Dirigentes da Comissão Pastoral da Terra (CPT) vão se reunir hoje em Goiânia - onde fica a sede da instituição - com representantes da Conferência dos Bispos da África do Sul. Eles vão conversar sobre a experiência da Igreja do Brasil com causas sociais, especialmente o seu envolvimento com a questão da reforma agrária. A CPT, braço da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) na zona rural, foi o berço do Movimento dos Sem-Terra (MST) e até hoje dá suporte às ações dessa organização.Ontem os sul-africanos estiveram na sede da CNBB, em Brasília. O grupo, que chegou ao Brasil no dia 14, já passou pela Bahia, conhecendo experiências da Igreja na zona rural.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.