Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Exonerado, ministro da Casa Civil desarquiva 108 projetos na Câmara

Agora, os projetos apresentados por Onyx Lorenzoni podem continuar tramitando na Câmara, no ponto onde pararam na última legislatura

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2019 | 12h04

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, desarquivou nesta quinta-feira, 7, 108 projetos na Câmara dos Deputados, dos quais ele é autor ou co-autor. As matérias foram apresentadas por Onyx durante seus quatro mandatos como deputado federal, desde 2003.

Um dos projetos mais recentes é o Projeto de Decreto Legislativo (PDC), assinado por Onyx em parceria com Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), sobre o porte de armas durante voos. A matéria derruba norma da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) que limita o porte em aeronaves civis para agentes públicos em atividade de segurança e proíbe para agentes públicos aposentados, reformados ou da reserva. Ao menos uma dezena de outros projetos desarquivados nesta quinta-feira trata sobre armas.

Desarquivados, os projetos apresentados por Onyx podem continuar tramitando na Câmara, no ponto onde pararam na última legislatura.

O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira traz a exoneração de Onyx Dornelles Lorenzoni do cargo de ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República. De acordo com a Casa Civil, o afastamento do ministro é temporário. "Ele reassumiu como deputado federal para desarquivar os projetos, como é de praxe em cada nova legislatura. Deve retornar ao cargo de ministro amanhã mesmo", explica a pasta. 

Tudo o que sabemos sobre:
Câmara dos DeputadosOnyx Lorenzoni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.