Exoneração de ministro da Transparência é publicada no Diário Oficial

Fabiano Silveira pediu demissão após pressão de servidores, políticos e órgãos internacionais; ele é o 2º ministro a cair

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2016 | 07h50

BRASÍLIA - O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 31, traz publicada a exoneração, a pedido, de Fabiano Augusto Martins Silveira do cargo de ministro da Transparência, Fiscalização e Controle. Fabiano Silveira pediu demissão na segunda, 30, depois de forte pressão de políticos, servidores federais e até de organismos de fiscalização internacionais.

A decisão foi tomada um dia após a divulgação de áudios de conversas nas quais ele discute estratégias de defesa de investigados da Operação Lava Jato. As gravações foram feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que fez acordo de delação premiada com o Ministério Público já homologado pelo Supremo Tribunal Federal.

Silveira é o segundo ministro do Governo Temer a perder o cargo por causa das gravações de Machado. Na segunda-feira passada, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) também pediu demissão do Ministério do Planejamento em um caso semelhante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.