Exército participa de eleição simulada em AL

Cerca de 700 homens do Exército participaram de eleição simulada em Atalaia (AL), a 48 quilômetros de Maceió, parte da Operação Mundaú. O objetivo é treinar as tropas que farão a segurança do pleito, no dia 5 de outubro. Estudantes fizeram o papel de mesários. A população pôde escolher entre dois "candidatos": Castro Alves e Tiradentes. Também foram oferecidos serviços, como emissão de documentos. Além dos 300 homens do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, com sede em Alagoas, participam do treinamento 400 soldados do Exército de Pernambuco e Bahia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.