Exército ocupa pontos da Avenida Brasil para garantir suprimento aos soldados no Alemão

A medida foi tomada um dia após Ministério da Defesa ter anunciado a permanência das Forças Armadas nas favelas do Alemão e da Penha.

BBC Brasil, BBC

05 Dezembro 2010 | 15h54

Militares passarão a fazer patrulha e revistas no Complexo do Alemão

Soldados do Exército ocuparam neste domingo pontos estratégicos da Avenida Brasil - principal ligação da zona oeste do Rio com a zona norte e o centro da cidade - para garantir o transporte de suprimentos para os militares que estão no Complexo do Alemão.

A medida foi tomada um dia após o Ministro da Defesa, Nelson Jobim, ter anunciado a permanência por tempo indefinido das Forças Armadas nas favelas do Alemão e da Penha.

Com isso, as ações de pacificação ficarão sob o comando dos militares, que vão exercer funções como patrulhamento, prisão em flagrante e revistas. Eles não poderão entrar nas casas para fazer buscas e apreensões - funções que ficarão a cargo das polícias civil e militar. Não há data definida para a medida ser colocada em prática.

Segundo a Agência Brasil, uma das posições ocupadas na Avenida Brasil fica na altura da Refinaria de Manguinhos, onde há uma favela controlada pela mesma facção criminosa do Complexo do Alemão.

No local, está estacionado um veículo blindado Cascavel, usado para dar proteção aos militares.

A segurança da Avenida Brasil será feita até o final da operação no Alemão, segundo o Comando Militar do Leste. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.