Exército lembra golpe de 64 e enfrenta protesto

Nos 45 anos do golpe de 1964, mais de 200 militares, incluindo o chefe do Comando Leste, general Rui Catão, se reuniram no Clube Militar para uma palestra sobre crescimento econômico na ditadura e a inauguração de placas em homenagem às 126 vítimas oficiais da guerrilha. Na porta (foto), estudantes protestaram, pedindo a abertura de arquivos secretos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.