Executivo, Miguel Jorge era assíduo freqüentador de Brasília

O escolhido para assumir o lugar do ministro Luiz Fernando Furlan, na pasta do Desenvolvimento, o jornalista Miguel Jorge, foi diretor de redação do Estado por dez anos, depois de ter sido um dos fundadores do Jornal da Tarde, em 1966. É membro do Conselho Consultivo do Grupo Estado. Em 2001, então com 55 anos, Miguel Jorge assumiu a vice-presidência de Assuntos Corporativos do Banco Santander, que adquiriu o controle do Banespa. Na ocasião declarou: "pretendo conservar, um hábito que adquiri desde os tempos de reportagem: viajar freqüentemente a Brasília para manter contatos com políticos".Flamenguista, admirador do presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira e do papa João Paulo II, Miguel Jorge é um dos mais respeitados e bem sucedidos profissionais de comunicação do País. Além de trabalhar no Estado, esteve à frente da Comunicação da Autolatina e da Volkswagen do Brasil, por quase 14 anos, ocupando o cargo de vice-presidente de Assuntos Corporativos e Recursos Humanos, e em janeiro de 2001, assumiu o posto no Santander. Neste mesmo ano recebeu dos profissionais de Comunicação o título de Personalidade da Comunicação. Foi presidente da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), pelo período de 1990 a 1992, trazendo para a entidade uma nova filosofia e um novo status, dando início a um novo ciclo de desenvolvimento e aprimoramento da Comunicação Corporativa no Brasil.Mineiro de Ponte Nova, Miguel Jorge ao longo desses anos integrou diretorias e conselhos de algumas das mais influentes instituições brasileiras, como Fiesp/Ciesp e Anfavea. Também foi professor de Jornalismo Informativo na Faculdade de Comunicações da Universidade Paulista. O novo ministro também foi agraciado com três comendas do governo brasileiro, a Medalha Visconde do Cairu, do Ministério da Indústria e do Comércio; a Medalha do Pacificador, outorgada pelo Ministério do Exército; e Medalha do Mérito da Cultura, do Ministério da Cultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.