Executiva Nacional do PSB suspende filiação de Garotinho

A Executiva Nacional do PSB suspendeu hoje a filiação do secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. Ele terá um prazo até 30 de junho, segunda-feira, para apresentar sua defesa. Para evitar uma medida dura, como a expulsão, a Executiva optou por um caminho mais curto que é análise do caso pela Comissão de Recadastramento do partido. Se o caso fosse examinado pela Comissão de Ética do partido, a decisão poderia demorar meses. O PSB integra a base aliada do governo Lula e Garotinho decidiu fazer oposição sistemática.O partido fez a opção pelo caminho mais curto e menos traumático. "Não se trata de expulsão. A executiva acatou a decisão da Comissão de Recadastamento de suspender a filiação do ex-governador", afirma o líder do PSB e membro da Executiva, Educardo Campos (PE). No partido já é dada como certa a saída de Garotinho do partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.