Executiva do PT entrará com nova representação contra ACM

A Executiva Nacional do PT decidiu ontem è noite em São Paulo que vai entrar com uma nova representação contra o senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), por quebra de decoro parlamentar. O líder do PT na Câmara, Nelson Pellegrino (BA), informou hoje que isso será feito assim que a Polícia Federal da Bahia concluir o inquérito sobre a escuta telefônica clandestina de parlamentares baianos, que teria sido patrocinada por ACM. Segundo Pellegrino, como a Polícia Federal deverá concluir pelo indiciamento do senador baiano, com base nessas conclusões o PT terá a fundamentação para o processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.