Ex-vice presidente do Rural se entrega em Brasília

Condenado por lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta, o ex-executivo do banco se apresentou à Polícia Federal

Andreza Matais, Agência Estado

05 Dezembro 2013 | 19h18

Brasília - O ex-vice-presidente do Banco Rural Vinicius Samarane se entregou à Polícia Federal, em Brasília, na noite desta quinta-feira, 5. Condenado no processo do mensalão a 8 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta, Samarane teve a ordem de prisão decretada nesta quinta pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A Corte também determinou as prisões do ex-deputado Bispo Rodrigues e Pedro Corrêa, além do deputado Valdemar Costa Neto. Corrêa também já se entregou à PF, em Brasília,. O deputado Costa Neto, que renunciou nesta quinta ao mandato parlamentar, deve se entregar diretamente à Penitenciária Papuda, segundo informações dos seus advogados.

 

Mais conteúdo sobre:
mensalão Vinícius Samarane

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.