Ex-vice José Alencar morre em São Paulo aos 79 anos

Alencar lutava contra um câncer no abdome há mais de 13 anos e havia passado por 17 cirurgias

estadão.com.br

29 de março de 2011 | 15h09

SÃO PAULO - O ex-vice-presidente da República José Alencar morreu na tarde desta terça-feira, 29, às 14h41, "em decorrência de câncer e falência de múltiplos órgãos", de acordo com boletim divulgado às 15 horas pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O boletim é assinado pelos diretores técnico, Antônio Carlos Onofre, e clínico do hospital, Paulo Ayrosa Galvão.

 

Veja também:

link Políticos e personalidades lamentam morte de Alencar

link Empresário, Alencar lutou por juros mais baixos

link Leia entrevista de Alencar ao 'Estado'

som Ouça entrevistas com o ex-presidente

som Amigos e colegas lamentam a morte

som Acompanhe a cobertura da Estadão/ESPN ao vivo

especial ESPECIAL: A trajetória de José Alencar

 

Alencar estava internado na Unidade de Terapia Intensiva desde ontem, quando apresentou um quadro de obstrução intestinal com perfuração abdominal e peritonite (infecção na membrana que protege a cavidade abdominal).

Devido a seu estado crítico, os médicos tinham descartado qualquer procedimento cirúrgico e Alencar estava sendo tratado apenas com analgésicos para aliviar a dor. Ele lutava contra um câncer no abdome há mais de 13 anos e havia passado por 17 cirurgias.

Mais conteúdo sobre:
José Alencarmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.