Ex-senador paranaense Enéas Faria morre em Curitiba

O ex-senador paranaense Enéas Faria, 64 anos, morreu na madrugada de hoje, em Curitiba, de insuficiência respiratória. Há anos ele lutava contra um câncer de pulmão. Faria foi senador entre 1982 e 1986, assumindo a vaga de José Richa, também falecido, quando ele se elegeu governador do Paraná. O corpo está sendo velado na Câmara Municipal de Curitiba com previsão de sepultamento no final da tarde no cemitério Água Verde.Faria foi um dos garotos propaganda mais conhecidos do rádio e da tevê paranaense, participou da fundação do MDB no Estado em 1966. Dois anos depois, foi eleito vereador de Curitiba e reeleito em 72. Na eleição de 74, ele recebeu a maior votação proporcional da história paranaense como deputado estadual, com 84 mil votos. Em 78, foi suplente na chapa de Richa para o Senado, assumindo em 82. Em 88, candidatou-se à Prefeitura de Curitiba pelo PTB, mas acabou desistindo em favor de Jaime Lerner, que se elegeu. A partir daí, passou a se dedicar à televisão com programas jornalísticos em que a política era o tema central.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.