Ex-presidente de Câmara é condenado no interior de SP

A Justiça condenou a seis anos e oito meses, em regime semiaberto, o ex-presidente da Câmara de Fernandópolis (SP) Warley Campanha de Araújo (DEM), flagrado extorquindo o advogado da Câmara, Ricardo Franco de Almeida.

CHICO SIQUEIRA, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 18h26

A extorsão foi filmada por promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O advogado era obrigado a repassar para Campanha, então presidente da Casa, R$ 1,8 mil por mês de seus salários.

A sentença é do juiz da 1ª Vara Criminal de Fernandópolis, Evandro Pelarin, que condenou Campanha por concussão, que é exigir dinheiro ou vantagem em função do cargo que exerce.

Campanha, que foi cassado depois de ser preso em flagrante, tem oito dias para recorrer da sentença. As imagens gravadas pelo Gaeco mostram o ex-presidente da Câmara negociando e recebendo dinheiro do advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.