Divulgação
Divulgação

Eduardo Paes é submetido a cateterismo e deve ficar internado até quarta em São Paulo

Ex-prefeito do Rio de Janeiro sofreu um 'pequeno enfarte do miocárdio', segundo boletim médico do Hospital Albert Einstein

Paula Reverbel, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2019 | 19h37
Atualizado 28 de janeiro de 2019 | 11h19

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sofreu um "pequeno enfarte do miocárdio" neste domingo, 27, e deve ficar internado no Hospital Israelita Albert Einstein até quarta-feira. Segundo boletim médico, Paes foi submetido a cateterismo e angioplastia (desobstrução de ramo marginal de artéria coronária circunflexa) e, permanece internado na unidade coronariana em situação clinicamente estável.

O ex-prefeito passou mal na madrugada deste domingo em Campinas (SP) e fez exames que constataram uma obstrução em um ramo marginal de uma das artérias principais. 

Em um texto publicado às 18h13 deste domingo, Paulo informou que o ex-prefeito tinha acabado de passar pelo cateterismo. "Havia uma pequena artéria entupida, mas o próprio exame a desobstruiu. Não precisou sequer colocar stents! Agora, novos hábitos diários para uma vida mais saudável!", afirmou. Pelo Instagram, Pedro Paulo informou que Paes "está ótimo".

Amigos de Paes atribuem o incidente ao fato dele levar uma vida sedentária, ser fumante, sofrer de colesterol alto e não ter disciplina para tomar a medicação adequadamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo Paes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.